paymentonline
Os Métodos de Pagamento em Lojas Online
18 Outubro, 2018
Transformação Digital. Saiba como preparar a sua empresa
15 Novembro, 2018
Mostrar tudo

A Internet por Fibra e o Que Mudou

A internet por fibra foi a maior invenção dos últimos anos no que se refere à forma como a informação é enviada pelo mundo. Destaca-se, principalmente, por ser bem mais rápida que, por exemplo, o cabo ou a conexão telefónica, conseguindo transferir enormes volumes de informação de forma bastante rápida.

 

Antes da fibra

Uma das primeiras formas de transferir dados através da internet foi através das ligações DSL, aquelas que eram feitas através do telefone. O leitor deve-se lembrar dos anos 90 e do início do novo milénio onde cada vez que queríamos aceder à internet, tínhamos de desligar o telefone e vice-versa. Além deste problema, estas ligações eram também bastante lentas.

Depois das ligações DSL, vieram as ligações por cabo. Popularizadas em conjunto com a televisão por cabo, sendo inclusive ambos vendidas no mesmo pacote, estas ligações eram já bem mais rápidas que a anterior mas mesmo assim estavam ainda a anos-luz das ligações por fibra.

 

A revolução

A forma como a fibra funciona é simples. São pequenos e finos fios de vidro que transmitem a informação através da luz. Esta viaja por este material tal como a eletricidade o faz através de fios de cobre. A vantagem é que a fibra consegue faze-lo com vários sinais ao mesmo tempo. As velocidades médias que a fibra atinge são de 1Gbps (1 gigabit por segundo)

Além de serem usadas atualmente nas ligações nas habitações das pessoas, a fibra é também usada para conectar todas as centrais de internet que estão por aí espalhadas. Ou seja, mesmo que não tenha fibra realmente em sua casa, acaba por indiretamente também estar a usufruir dela.

A diferença entre ter realmente fibra e não ter acaba então por ser só a ligação da sua casa ao terminal mais próximo. Em vez de ser feita por cabo de cobre como antigamente, é agora feita através da fibra.

 

As limitações da fibra

O principal entrave ao uso generalizado da fibra é o mesmo de muitas outras grandes invenções ao redor do mundo: o seu custo.

Esta tecnologia é bem mais cara que os normais cabos de cobre e, na maior parte das ocasiões, não se justifica investir dinheiro nela quando as velocidades fornecidas pela internet por cabo já é suficiente para a maioria dos cidadãos. A velocidade de descarga que um utilizador consegue atingir no final acaba sempre por depender sobretudo da qualidade do servidor onde o ficheiro que pretende descarregar está alojado.

A fibra é uma boa solução, acima de tudo, para quem tem mais que um computador em casa ou para quem faz uso de aplicações que realmente consigam atingir uma conexão de grande velocidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *